RECONSTRUÇÃO DE GRANDES DEFEITOS DO COURO CABELUDO APÓS QUEIMADURAS ELÉTRICAS
 
Índice
Introdução | Objetivo | Materiais e Método | Resultados | Discussão
 
Autor
Vinícius Melgaço de Castro
 
Instituição
Serviço de Cirurgia Plástica do Hospital João XXIII – Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais.
 
Endereço para correspondência
Rua Desembargador Barcelos, n°: 1383, Bairro Nova Suíça
Telefone: (11) 3826-1499
E-mail: congresso@cirurgiaplastica.org.br
 
Co-autores
Carlos Eduardo Guimarães Leão
Ilmeu Cosme Dias
Marzo Luís Berçan
Paulo Jorge Xavier
 
Descritores
couro cabeludo
 
Introdução
A abordagem dos pacientes com queimaduras elétricas representa parte importante no tratamento das queimaduras. Dentro dos vários aspectos abordados no paciente com queimaduras elétricas, a cirurgia reparadora de grandes defeitos do couro cabeludo (scalp), causados pelas queimaduras elétricas, constitui capítulo individual neste tópico.
Topo
Objetivo
Apresentar dois casos de reconstrução de grandes defeitos do couro cabeludo, causados por queimaduras elétricas, utilizando retalhos de avanço do próprio couro cabeludo.
Topo
Materiais e Método
Foram estudados dois casos clínicos de pacientes com histórico de queimadura elétrica, apresentando destruição de parte dos tecidos moles do scalp. M.T.D., 18 anos, sexo masculino, lavrador apresentando queimadura elétrica com entrada em mão direita e esquerda e saída em região occipital, causando destruição de todos tecidos moles desta região. J.A.S., 42 anos, sexo masculino, eletricista, apresentando histórico de queimadura em rede externa de alta tensão, com entrada da corrente em membros superiores e saída em região parieto-occipital, com destruição de todos tecidos moles da região acometida. Os dois pacientes foram submetidos à reconstrução cirúrgica com retalhos de avanço do couro cabeludo.
Topo
Resultados
Os dois casos operados apresentaram bom resultado funcional e estético, com perfusão adequada do retalho tanto no pós-operatório imediato quanto no pós-operatório tardio. A técnica utilizada apresentou baixo custo na execução, simplicidade técnica e resultado favorável. Desta forma, os autores concluíram que os retalhos de avanço são importantes ferramentas no arsenal de tratamento dos grandes defeitos traumáticos do couro cabeludo.
Topo
Discussão
Na literatura internacional, são descritas várias técnicas de reconstrução do couro cabeludo. Na maioria das situações com grande perda de tecidos moles, os retalhos microcirúrgicos são as opções mais aceitas. As reconstruções com retalhos de avanço do próprio couro cabeludo, são opções bastante seguras e de resultados favoráveis no arsenal de tratamento destas complicações. São cirurgias de realização técnica mais simples e resultados satisfatórios.
Topo